José Paulo da Silva Graça

Silva Graça, seguido de Camilo Mortágua e Jacinto Rego de Almeida, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, aquando da sua participação num Colóquio sobre Oposições e Exílios

Faleceu hoje, dia 23 de Fevereiro de 2021, mais um resistente e opositor ao salazarismo.

Nascido em Inhambane, em Moçambique, veio para Lisboa, e como estudante do Instituto Superior Técnico, onde torna-se sócio da Casa do Estudante do Império. Após um período na África do Sul, retorna a Portugal, onde completa o curso de Engenharia Florestal, na Faculdade de Ciências de Lisboa. Membro da maçonaria, oposicionista, participa da campanha de Humberto Delgado e da Revolta da Sé. Em 1961, segue para o Brasil, onde reencontra antigos companheiros da Sé Amândio Silva, Raul Marques e Manuel Serra. Envolve-se com o grupo de Galvão e parte para a Itália, com Camilo Mortágua, para participar da Operação Vagô. As mudanças na Operação o levam de volta para Portugal, como membro da Operação Ícaro. Fracassado o movimento procura a Embaixada do Brasil, onde solicita asilo. Retornou depois para Portugal, sem nunca deixar de ser um resistente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s